PUBLICIDADE

Topo

Susana Vieira em foto sem make faz um tremendo favor às mulheres

Brenda Fucuta

29/08/2020 04h00

Susana Vieira sem make/Reprodução Instagram

A atriz Susana Vieira não é conhecida por sua militância feminista. Mas ao publicar fotos sem maquiagem, em seu perfil no Instagram, ela faz um tremendo favor às mulheres. A última foto de cara limpa da atriz –sorrindo, com um pijama (?) de coelhinho– foi publicada um mês antes de ela completar 78 anos de idade –seu aniversário aconteceu no dia 23 de agosto.

E, claro, a atriz está muito diferente. Lembra a Meryl Streep, no filme "O Diabo Veste Prada", flagrada em sua casa, também de cara limpa. Meryl Streep interpreta a lendária diretora da revista Vogue, Anna Wintour, e a cena sem maquiagem me pareceu muito assustadora à época. Era raro ver esse tipo de coisa em 2007.

Uma artista popular como Susana –com 130 milhões de fãs, conforme ela própria lembra em entrevistas– posar sem make é mais importante do que parece. Faz bastante tempo que ela segura "heroicamente" o modelo mulherão. Ao lado de maridos e namorados jovens, de roupas coladas ou de biquíni, cabelos fartos e loiros, Susana desafia com insistência o código de comportamento previsto para mulheres mais velhas.

A atitude dela faz bem para liberar mulheres do padrão de beleza e comportamento que nos restringe ainda hoje. Mesmo que Susana espelhe, de forma invertida, a atitude de homens mais velhos com parceiras mais jovens, tipo troféu. Mesmo que ela insista em parecer tão sexy como Beyoncé. Susana deu legitimidade ao desejo de suas fãs por namorados jovens. Isso não é pouco, faz parte do caminho de desconstrução da imagem que se espera de nós.

Veja também:

Por isso, acho tão bacana vê-la sem maquiagem. Por mais contraditório que pareça, essa atitude pode ser interpretada como uma progressão natural da trajetória insubordinada da atriz. É mais um gesto de contestação ­–talvez inocente– à expectativa comum, um dedo do meio para quem só enxerga beleza quando as rugas estão bem escondidas.

Posar para a câmera sem maquiagem é o novo cabelo branco assumido, um próximo passo de um lento, mas felizmente progressivo, desnudamento das mulheres do figurino que as obrigou a parecer o que se espera delas.

Mas não se espera que mulheres com mais de 70 deixem o cabelo ficar branco? Que usem maquiagem delicada, apropriada para a idade? Mulheres velhas devem usar cabelos curtos, vestidos soltinhos e nunca acima do joelho. Short, nem pensar. Biquíni? Falta de educação. De compostura. Não é exatamente isso que diz o senso comum? Com-postura?

Ondas de mudança de comportamento não são unânimes ou coerentes. Nem todos embarcam nelas ao mesmo tempo. É de se esperar que algumas mulheres se permitam parecer sexy e jovens aos 70 anos enquanto outras queiram parecer bonitas com suas rugas. Neste momento, as duas coisas podem ser libertadoras porque contestam padrões e expectativas.

Aliás, o que mais liberta é poder. Poder usar o que quiser, do jeito que quiser. Não é preciso usar cabelos brancos, mesmo que você os tenha, se os prefere pretos ou castanhos. Não é preciso posar sem make se você não gosta de se ver assim. Ou se você adora se maquiar. Não é preciso nada. Principalmente, aos 70 anos, quase 80. A idade deveria nos permitir liberdade absoluta das convenções.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Brenda Fucuta é jornalista, escritora e consultora de conteúdo. Autora do livro “Hipnotizados: o que os nossos filhos fazem na internet e o que a internet faz com eles”, escreve sobre novas famílias, envelhecimento, identidade de gênero e direitos humanos. Além de entrevistar pessoas incríveis.

Sobre o blog

Reflexões de uma jornalista otimista sobre nossa vida em comum

Blog Nós